A construção do caráter

Enviado por Estante Virtual em seg, 12/16/2013 - 00:42
Poucas palavras precisam ser ditas sobre este aspecto da meditação, pois está subentendido no que já foi discutido. Meditação sobre uma virtude faz um homem crescer gradualmente na aquisição daquela virtude; é colocar deliberadamente os corpos a vibrar em resposta ao pensamento naquela virtude, e o estabelecimento de um hábito de resposta conseqüente, pois com cada repetição do pensamento sua recorrência se torna mais fácil. Finalmente, é dito numa escritura hindu 'Naquilo em que um homem pensa ele se torna; portanto pense no Eterno'. 
 
Deveria ser usada especialmente a faculdade mental de visualização, ao par de estrênuo esforço na prática da virtude desejada. Se um estudante carece de coragem, ele deveria imaginar-se em circunstâncias que requeiram sua expressão, e levar a cena toda a uma conclusão arrojada. Como na vida real se oferecem ocasiões para uma conduta corajosa, o pensamento na coragem mais e mais rápido afluirá à mente, e o esforço na prática remediará o defeito original. 
 
É bom tomar todas as virtudes como objeto de meditação, e pelo exercício da mente e do poder da imaginação treinar-se para ser capaz de senti-las todas à vontade.
 
Na luta para erradicar suas faltas uma sugestão pode provar-se de utilidade ao estudante. O hábito de remoer sobre as faltas não conduz à saúde da mente, mas, ao contrário, tende a encorajar a morbidez e depressão, que agem como uma parede que repele as influências espirituais. Como um recurso prático, é melhor ignorar as faltas de disposição o mais possível, e concentrar toda a aspiração e diligência em direção à construção da virtude oposta no caráter. 
 
Um afamado escritor e pregador expressou esta verdade com veemência. 'Lembre-se de que você não pode ver ambos os lados da moeda ao mesmo tempo. Quando você estiver desencorajado pelo descontrole de sua natureza animal, e profundamente desgostoso de si mesmo, e odiando-se como se fosse um completo degenerado, o mais nobre exercício para sua faculdade mental é olhar para o outro lado da moeda- você, e pensar intensamente neste outro lado. Diga, "Eu sou o Senhor; meu verdadeiro Ego é Seu Divino espírito" '. (Luz sobre os Problemas da Vida, do Arquidiácono Wilberforce). 
 
O sucesso na vida espiritual é obtido menos por feroz combate contra a natureza inferior do que por um crescimento no conhecimento e apreciação das coisas superiores. Pois uma vez que tivermos experimentado suficientemente a felicidade e júbilo da vida mais alta, por contraste os desejos inferiores empalidecem e perdem seus atrativos. Foi dito uma vez por um grande Instrutor que a melhor forma de arrepender-se de uma transgressão era olhar à frente com esperançosa coragem, acompanhada de um firme propósito de não cometer a transgressão novamente.