H P Blavatsky

O que é a Teosofia

Enviado por Estante Virtual em ter, 11/26/2013 - 14:08
Quem melhor para falar sobre o que é a Teosofia do que Blavatsky, uma mulher que dedicou sua vida à esse tema e deixou um imenso legado em torno dele? Esse texto é um artigo publicado por Helena Petrovna Blavatsky no primeiro número do "The Theosophist" (outubro de 1879), respondendo a essa pergunta: "o que é a teosofia?"
 
Autor original

Conclusão: O futuro da Sociedade Teosófica

Enviado por Estante Virtual em dom, 12/02/2012 - 21:29

P: Diga-me: qual o futuro que espera para a Sociedade Teosófica?

T: Se você fala de Teosofia, respondo que assim como sempre existiu eternamente através dos ciclos infinitos do passado, assim também viverá no porvir infinito, porque Teosofia é sinônimo de Verdade Eterna.

 

P: Desculpe:  estava me referindo à Sociedade Teosófica.

São "espíritos de luz" ou duendes malditos?

Enviado por Estante Virtual em dom, 12/02/2012 - 21:27

P: Quem são enfim esses que chamam de seus "Mestres"? Uns dizem que são "espíritos" ou outro tipo qualquer de seres sobrenaturais, enquanto que outros os consideram como "mitos".

T: Não são nem uma coisa nem outra. Certa vez ouvi uma pessoa estranha à Sociedade dizer que eram uma espécie de sereias masculinas, ou coisa desse estilo. Mas se você levar em conta o que as pessoas dizem, jamais poderá formar um conceito exato deles. Em primeiro lugar, são homens vivos, que como nós nasceram e estão condenados a morrer como qualquer mortal.

 

A Sociedade Teosófica é um negócio para fazer dinheiro?

Enviado por Estante Virtual em dom, 12/02/2012 - 21:10

P: Os fundadores, o coronel H. S. Olcoít ou H. P. Blavatsky, tiraram algum dinheiro, proveito ou beneficio mundano, graças à Sociedade Teosófica, como dizem alguns jornais?

T: Nem um só centavo. Os jornais mentem. Ambos, ao contrário, deram tudo quanto possuíam e arruinaram-se completamente. Quanto aos "benefícios mundanos", pense nas calúnias e difamações de que foram objeto e julgue você mesmo!

 

A Teosofia e a educação

Enviado por Estante Virtual em dom, 12/02/2012 - 21:08

P: Um de seus mais poderosos argumentos sobre a imperfeição das formas de religião existentes no Ocidente, como também até certo ponto sobre a filosofia materialista, — tão popular agora — mas que parece considerar como uma abominação da desolação, é a enorme miséria que existe de modo inegável, em particular em nossas grandes cidades. Mas seguramente deve reconhecer o quanto se fez e se está jazendo para remediar este estado de coisas, por meio da propagação da educação e da cultura.

Inscrever-se em H P Blavatsky